O Sapo Orgulhoso

O SAPO ORGULHOSO
Ao tomar conhecimentos de que alguns gansos selvagens iriam migrar para uma região mais quente, pediu que as aves o levassem com elas o sapo.
- Concordamos em levá-lo. Porém, como você pode ir conosco se não sabe voar? – perguntaram os gansos.
- Não se preocupem, deixem por minha conta. Sou muito esperto, descobrirei uma maneira – respondeu
Pensou um pouco e então pediu aos gansos que o ajudassem segurando um caniço forte, cada um numa ponta. Como o sapo tem um bocão, ele poderia se prender ao cabo pela boca e seguir com os gansos. Em pouco tempo os gansos e o sapo iniciaram a sua jornada.
Assim que passaram por uma pequena cidade os moradores saíram para ver aquela cena estranha e original.
Quem poderia ter tido uma idéia tão brilhante, perguntaram alguns moradores. Isso fez com que o sapo se inchasse tanto de orgulho e, se sentindo importante gritou:
- fui eu, fui eu!
E em poucos segundos estava no chão, pois para responder, precisou soltar a boca da vara.
E os gansos, prosseguiram a viagem, deixando o sapo para trás.
O ORGULHO NOS LEVA A QUEDA!